top of page

Mulheres Moldam o Futuro Tecnológico

Na última sexta-feira, celebramos o Dia Internacional da Mulher, uma ocasião para reconhecer as conquistas, os desafios e a contínua luta pela igualdade de gênero. Aproveitando essa ocasião, vamos explorar os avanços significativos na presença feminina em cargos de tecnologia. Vamos juntos conhecer como as mulheres estão moldando e liderando a revolução tecnológica.


mulher da área de tecnologia em frente a servidores de um data center

Uma pesquisa recente realizada pela Catho em 2022 revela um movimento ascendente: a presença feminina nos bastidores da tecnologia está em ascensão, trazendo consigo promessas de igualdade e progresso.



Um pequeno passo em Direção à Diversidade


Os dados pintam um quadro otimista, indicando uma mudança gradual, mas significativa, na composição dos cargos tecnológicos. Comparado ao ano anterior, houve um incremento notável de 2,1 pontos percentuais na representatividade feminina, sinalizando um avanço promissor. No início de 2022, as mulheres já ocupam 23% dos postos nesse setor, marcando um passo firme em direção à diversidade.



dados-crescimento-mulheres-na-area-tech
Crescimento de 2,1pp de mulheres na área Tech.







Equidade em Foco: Reduzindo a Lacuna Salarial


Além do aumento na representatividade, os números também revelam uma tendência encorajadora em relação à equidade salarial. Em cargos de gestão na área tecnológica, observou-se uma redução significativa na disparidade entre os salários de homens e mulheres. O caminho para a igualdade salarial ainda é longo, mas os dados indicam um progresso tangível.


Os números revelam que no ano passado, a média salarial das mulheres nesses cargos estava em torno de R$7.950, enquanto a dos homens alcançava R$9.092.


Ao adentrarmos o ano de 2022, testemunhamos um progresso palpável: as mulheres viram um aumento em suas médias salariais, chegando a R$8.339,90, enquanto os homens atingiram uma média de R$9.267,82. Esse movimento não só reflete uma valorização do trabalho feminino, mas também resulta em uma diminuição da disparidade salarial entre os gêneros, de 13% para 10%.



Superando Obstáculos Juntos


Por outro lado, é importante notar uma queda na média salarial das mulheres em outros cargos de tecnologia. Em 2022, essa média ficou em R$2.390, enquanto para os homens foi de R$2.890. No primeiro mês de 2021, as médias salariais eram de R$2.692 para mulheres e R$3.110 para homens.


Essa diminuição reflete uma tendência nacional. De acordo com os dados mais recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, houve uma queda na renda média, tanto para trabalhadores formais quanto informais. Em comparação com 2020, registou-se um declínio de 11% na renda média real dos brasileiros.



dados-queda-3%-diferença-salarial-homens-e-mulheres
A queda foi apenas de 3%








Compromisso com a Inclusão e a Inovação


Os dados apresentados revelam um cenário em evolução na presença feminina na tecnologia, marcando um progresso notável rumo à equidade de gênero. Embora os desafios persistam, é evidente que estamos caminhando na direção certa. Vamos continuar trabalhando juntos para promover um ambiente inclusivo e igualitário, onde todos possam contribuir e prosperar. O futuro da tecnologia é diverso e promissor, e estamos prontos para abraçar esse desafio com determinação e otimismo.

24 visualizações

Comments


bottom of page